Novas opções na luta contra o HPV

Estima-se que 70% das pessoas sexualmente ativas já entraram em contato com o vírus HPV (doença sexualmente transmissível) e que, apesar da maioria eliminar espontaneamente a infecção, boa parte do restante dos infectados acabem por desenvolver verrugas genitais ou até mesmo Câncer no colo do útero (poucos casos), o que levaria a um possível quadro de infertilidade.

Um tratamento inovador foi apresentado em Curitiba, ele promete combater as verrugas genitais acusadas pelo vírus HPV, sem dor, sem necessidade de cauterização e, principalmente, sem a reincidência das lesões após o tratamento. Aldara (imiquimode), é o nome do milagre, é um creme de uso tópico que deve ser aplicado pelo paciente diretamente nas lesões. O fator de não reincidência, que antes do Aldara girava em torno de 50%, é explicado pelo mecanismo inédito de ação que atua no sistema imunológico para combater as células contaminadas pelo HPV, ele aumenta a produção local de substâncias próprias do sistema imune (Interferon e outras citocinas).

O novo medicamento apresentou resultados satisfatórios entre 72% a 84% dos casos e a taxa de reincidência das verrugas ficou abaixo das demais técnicas, somente 16% dos pacientes voltou a ter problemas depois de 6 meses de tratamento.

Outra opção, que segue a mesma linha de aplicabilidade e que já é encontrada no mercado brasileiro é o Wartec (Podofilotoxina), que se mostrou mais efetiva do que a podofilina, também muito usada nos casos de HPV. Ele tem ação esfoliante, remove o tecido atingido e, consequentemente, a lesão. Além de eficientíssima, a podofilotoxina é menos tóxica. Para quem apresenta feridas pequenas, os médicos costumam prescrever dois ciclos de três dias de aplicação de Wartec, com intervalo de quatro dias entre eles.

E, para aquelas mulheres que não são adeptas de tratamentos medicamentosos orais ou de uso tópico e que, acima de tudo, pretendem ainda realizar o sonho da maternidade, a mais nova menina dos olhos é a tratamento realizado unicamente no Hospital de Clínicas de Porto Alegre, com o uso do aparelho  “Cold Coagulator de Semm“, que promete a extirpação das lesões de forma rápida, sem necessidade de anestesia, de tempo de recuperação ou de qualquer outro tipo de incomodo gerado pelas técnicas anteriormente utilizadas.

4 pensamentos sobre “Novas opções na luta contra o HPV

  1. Thanks a bunch for sharing this with all people you really understand what you are speaking about! Bookmarked. Please additionally discuss with my site =). We could have a hyperlink alternate arrangement among us!

    Curtir

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s