PapGene e OVA 1: novos exames para o diagnóstico de Câncer de Ovário, de Útero e de Endométrio

PapGene: o novo papanicolau:

O exame de Papanicolau, um exame de rotina que as mulheres devem se submeter a cada um ou dois anos para detectar o câncer de cólon do útero, pode ajudar a identificar outros tipos de câncer. O novo exame utiliza o fluido extraído do cólon do útero para examinar a presença de determinadas mutações específicas do câncer. Os pesquisadores fizeram o sequenciamento de DNA de células provenientes do exame e obtiveram 100% de sucesso para o câncer de endométrio e 41% de sucesso para o de ovário. Não houve resultado falso-positivo. Hoje, o papanicolau só detecta lesões precursoras e o câncer do colo do útero.

A nova técnica, apelidada de PapGene, não altera o procedimento pouco invasivo do papanicolau  apenas agrega a análise de genética molecular em células do ovário e do endométrio.

No estudo piloto, o exame foi capaz de detectar com precisão 24 tipos de câncer de endométrio, de acordo com os resultados publicados na quarta-feira na revista Science Translational Medicine. O exame também encontrou nove dos 22 tipos de câncer de ovário, durante o estudo piloto. E, em nenhum caso, as mulheres saudáveis do grupo de controle foram diagnosticadas com câncer. Os cientistas advertiram, contudo, que o novo estudo deve ser testado em um grupo muito maior antes de ser colocado à disposição do público.

Eles consideram que o exame pode ser uma ferramenta poderosa na luta contra o câncer de ovário e câncer do endométrio. De acordo com especialistas, o preço do exame pode ser semelhante ao exame do vírus do papiloma humano (HPV), que custa nos Estados Unidos cerca de US$ 100.

A pesquisa conta com médicos americanos, da Universidade Johns Hopkins, do Instituto Ludwig e do centro Memorial Sloan-Kattering, e brasileiros do Instituto do Câncer do Estado de São Paulo (Icesp). O próximo passo dos pesquisadores incluem a aplicação de PapGene em mais amostras e trabalhos para aumentar a sensibilidade do teste na detecção de câncer de ovário. “Realizar o teste em horários diferentes durante o ciclo menstrual, inserir a escova cervical mais profundamente no canal cervical, e avaliar mais regiões do genoma podem aumentar a sensibilidade”, afirma o pesquisador Chetan Bettegowda.

OVA1:

O Food and Drug  Administration (FDA) liberou um novo teste para detectar o câncer de ovário em massas pélvicas que requerem cirurgia. O exame, chamado OVA1, ajuda os pacientes e os profissionais de saúde a decidirem qual tipo de cirurgia deve ser realizado e por quem, facilitando assim o diagnóstico e orientando os envolvidos à melhor conduta terapêutica no tratamento do Câncer de Ovário.

O OVA1 pode ser usado por clínicos gerais e ginecologistas como exame complementar e não deve substituir outros procedimentos clínicos e diagnósticos. Ele  usa uma amostra de sangue para medir os níveis de 5 proteínas que mudam devido à presença de um câncer de ovário. O exame combina 5 resultados separados em um score numérico único entre 0 e 10 para indicar a possibilidade de uma massa pélvica ser benigna ou maligna.

O OVA1 identifica algumas mulheres que vão se beneficiar ao serem referenciadas a oncologistas ginecológicos para a sua cirurgia, a despeito de resultados negativos de outros exames clínicos ou radiológicos para o câncer de ovário. Se outros exames sugerem câncer, a referência a oncologistas é o mais apropriado mesmo com o resultado negativo do OVA1. Este exame fornece às pacientes e aos profissionais de saúde mais informações que auxiliam as decisões médicas que têm impacto na sobrevida e na redução de complicações pós-operatórias.

O exame foi desenvolvido pela empresa Vermillion Inc., juntamente com pesquisadores da Johns Hopkins University, em Baltimore.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s