Treinante 7

Esta é a história da Treinante 7, que passou por 3 abortos em pouco menos de 1 ano: o 1º na 5ª semana, o 2º da 9ª semana e o 3º na 14ª semana.Seu marido é categórico em afirmar que o último aborto foi devastador, já que segundo o médico do casal, eles já haviam passado do período mais perigoso e estavam já a fazer planos práticos a respeito do bebê.

Quando do último aborto, o médico disse que aquilo era normal, o casal já devastado com tantas experiências negativas, resolveu se informar e a aceitar conselhos de amigos, procurou um especialista em fertilidade, que realizou todos os exames referentes a abortos de repetição e diagnosticou a Síndrome dos Anticorpos Anti-Cardiolipina, que são auto-anticorpos associados à trombose arterial e venosa, e característicos da síndrome antifosfolipídica e também encontram-se associados ao nascimento prematuro devido à pré-eclampsia, à eclampsia ou à insuficiência placentária.

No caso de nossa treinante, estava fortemente relacionado à insuficiência placentária, uma vez que devido a falta de sua circulação o fluxo de sangue para o bebê através da placenta era cortado e surgiam coágulos. O Tratamento foi a base de Heparina especial associada a Aspirina, durante toda a gestação, que ocorreu sem FIV, Inseminação Artificial, IVM ou Coito Programado.

Após a confirmação da gestação, a treinante começou a aplicar a heparina (1 dose por dia) e a tomar Aspirinas diariamente. E, o resultado está aí, dois menininhos lindos, um de 2 anos e o outro recém-nascido!

Parabéns!

Deixe um comentário

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s