Microdeleção do Cromossomo Y

O cromossomo Y é o que define o sexo masculino e é o menor do genoma humano. Tem 3 braços: 2 curtos e 1 longo que é dividido em três regiões chamadas AZFa, AZFb e AZFc que contém informações genéticas responsáveis pela produção e maturação dos espermatozoides  Chama-se microdeleção a ausência total ou parcial destas informações que estão no DNA destas regiões.

Microdeleções são identificadas em 15 á 25% dos homens azoospérmicos e em 10 % dos homens com produção dos espermatozoides gravemente comprometida, a chamada oligospermia severa (menos do que 5 milhões de espermatozoides por ml). Homens com quantidades maiores, só em casos raros têm este tipo de problema.

Esta alteração não é percebida no cariótipo normal e só pode ser estudada por um exame especifico no sangue. Pela técnica de PCR (Reação da Cadeia da Polimerase).

Tratamento: todos os homens portadores de microdeleções devem receber aconselhamento genético e devem ser orientados sobre os tratamentos de infertilidade, a constituição de sua família, a herança genética passada aos filhos do sexo masculino (PGD) e a possibilidade de torna-se azoospérmico. A indicação preventiva do congelamento do esperma pode ser boa opção.

Não existem outras implicações na saúde do indivíduo e esta herança só poderá ser herdada em bebês do sexo masculino. O tratamento da fertilidade é feito por técnicas de FIV.

Deixe um comentário

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s